Vitamina C para todos os tipos de pele, inclusive as oleosas

Quando o assunto é Vitamina C, todo mundo quer saber e entender o real benefício para a pele, não é verdade?  Será que posso usar? Qual a melhor para meu tipo de pele?

O fato da Vitamina C conseguir responder todos esses tópicos, faz dela o ativo queridinho da pele brasileira.

CONHECENDO A MOLÉCULA

O que todo mundo sabe é que a Vitamina C, é um potente antioxidante, e a sua forma pura é denominada Ácido L-ascórbico. Os estudos revelam que esta é forma mais ativa e penetrante de vitamina C, porém também a mais instável fazendo com que ela se oxide na presença de luz, água e calor, perdendo grande parte de sua função. Além disso, o fato dela ser instável em meio aquoso e que a barreira da nossa pele é cheia de lipídeos (estruturas oleosas), as substâncias derivadas de Vitamina C se tornam excelentes aliados, mostrando-se mais eficazes, pois protegem a vitamina C, liberando-a somente depois de ser absorvida na pele. Quimicamente falando, os derivados, assim conhecidos, são sais de vitamina C como por exemplo, fosfato e palmitato, que quando absorvidos pela epiderme sofrem ação de enzimas que os transformam em Vitamina C pura.

POR QUE ALGUNS PRODUTOS COM VITAMINA C MUDAM DE COR?

Sua natureza antioxidante em contato com a água, ar e calor, ainda no frasco, produz uma reação de oxidação, com os radicais livres presentes no meio e ficando ela, instável antes mesmo de entrar em contato com a pele. Sua ação antioxidante acaba sendo consumida antes de ser aplicada. Essa instabilidade é visível quando o produto muda de cor ou cheiro mostrando que sofreu ali uma reação de oxidação antes de chegar na pele. Por isso, muitas vezes escolher entre a vitamina C pura não estável (oxidada de aparência marrom) e a derivada, a derivada acaba sendo melhor!

A NANOTECNOLOGIA A FAVOR DA VITAMINA C

Graças aos avanços da cosmetologia, um tipo de proteção da vitamina C foi desenvolvido através da nanotecnologia. Com essa técnica, a Vitamina C fica protegida dentro de nanocápsulas (invisíveis a olho nu devido ao seu tamanho nanoscópico) permitindo desta forma, que os produtos cosméticos tenham sua eficácia maximizada, pois o ativo fica protegido contra a degradação frente a exposição aos agentes externos já citados. Quando aplicadas na pele, as nanocápsulas se ligam a camada fosfolipídica e se rompem no interior da pele proporcionando todos os efeitos e potência da Vitamina C.

FUNÇÕES DA VITAMINA C

Já se sabe que a Vitamina C, devido a seu potencial ação antioxidante, consegue combater a ação dos radicais livres na pele, fazendo que as nossas células funcionem melhor evitando o processo de aceleração do envelhecimento cutâneo. Além disso, essa função apresenta como resultado maior luminosidade, uniformização e hidratação. Mas e a produção de colágeno? Ela também estimula a produção? Primeiramente é importante lembrarmos que o colágeno é uma proteína responsável pela sustentação e firmeza da pele, produzido por células chamadas fibroblastos, predominantemente localizadas na derme. Devemos refletir também que a maior parte dos produtos tópicos conseguem exercer uma menor atividade biológica na epiderme devido a limitações de permeação (a não ser que esteja em nanocápsulas que a penetração é maior). A partir daí então, a produção de colágeno pela vitamina C pode ser explicada da seguinte forma: devido a sua atividade antioxidante, a vitamina C é capaz de manter a integridade da barreira da pele (camada mais superficial) preservando, desta forma, a epiderme e por consequência a derme. Além disso, a ação antioxidante que capta o radical livre pode reduzir outras reações dos próprios radicais livres, que poderiam ser propagadas pelo tecido afetando o colágeno. Desta forma, a Vitamina C consegue preservar e evitar a perda de colágeno na pele. Sem contar também há inúmeras evidências que a vitamina C auxilia na proteção solar.

QUAL A MELHOR TEXTURA PARA SUA PELE

Podemos dizer que a textura SERUM consegue se adaptar a todos os tipos de pele, inclusive as oleosas ou com tendência à acne. Isto é possível, pois o serum é formado com uma grande concentração de água na formulação, deixando o sensorial leve, com rápida absorção e toque seco. Os séruns ainda não utilizam nenhum tipo de substância oleosa ou comedogênica (que poderia estimular o aparecimento de espinha).

A VITAMINA C CAUSA ACNE?

Não. Isso é um mito. O fato da vitamina C ter característica de um ácido (apesar de fraco), ela pode causar uma leve renovação celular, então se a pele estiver com alguma acne mais profunda, ela pode vir para superfície dando uma “sensação” de que a vitamina C causou acne.

Quer conhecer os de produtos com vitamina C da Soushine? Acesse agora nosso site: www.soushinecare.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *